Programação Neurolinguística https://programacaoneurolinguistica.com Tudo sobre Programação Neurolinguística (PNL) Thu, 25 Jun 2020 09:27:54 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.5.1 162053209 Formação em PNL Practitioner – Do Básico ao Avançado‎ https://programacaoneurolinguistica.com/formacao-em-pnl-practitioner-do-basico-ao-avancado%e2%80%8e/ https://programacaoneurolinguistica.com/formacao-em-pnl-practitioner-do-basico-ao-avancado%e2%80%8e/#respond Thu, 25 Jun 2020 09:24:03 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=370 FORMAÇÃO EM PNL PRACTITIONER - DO BÁSICO AO AVANÇADO com mais de 80 vídeo-aulas, acesso vitalício e certificado.

The post Formação em PNL Practitioner – Do Básico ao Avançado‎ appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>

O QUE É O CURSO?

A PNL, apelidada de Ciência do Sucesso, é a mais poderosa ferramenta de transformação e desenvolvimento pessoal existente no mundo.

Utilizada por grandes líderes mundiais e multimilionários, suas técnicas e ferramentas permitem o desenvolvimento das habilidades necessárias para o sucesso pessoal e profissional.

Através da PNL você terá recursos e técnicas avançadas para lidar com comportamento destrutivos e emoções indesejadas, compulsões, inseguranças, medos, desmotivação etc.

Nesse curso nós reunimos para você todas as estratégias e as técnicas que fazem parte do padrão internacional de ensino em Programação Neurolinguistica Practitioner.

Esta Formação em PNL Practitioner oferece um conjunto de ferramentas de aplicação prática, fácil e imediata para uso pessoal e profissional.

Você aprenderá a se comunicar melhor, compreendendo o seu pensamento e os estilos de comunicação das outras pessoas. Além disso, você adquirirá novas habilidades para conquistar o que deseja e ampliar profundamente sua visão de mundo.

Você pode desenvolver seu poder de influência, confiança e empatia na comunicação, conhecendo a estrutura da experiência subjetiva, como o cérebro e a mente funcionam e como estruturamos o pensamento, emoção e a comunicação.

O Curso de PNL Practitioner do Básico ao Avançado, além de possibilitar a evolução pessoal do aluno no decorrer do curso, é também focado em prepará-lo para utilizar estas ferramentas de forma eficaz em sua vida e também na vida de outras pessoas.

De forma objetiva, dinâmica, clara e prática vamos apresentar profundas e sofisticadas técnicas de PNL, mostrando modelos para o participantes obterem o máximo de resultados em suas relações pessoais e profissionais.

Participe desta formação e certificação em PNL Practitioner.

O QUE VOU APRENDER NA FORMAÇÃO?

MÓDULO 1 Os Fundamentos da Programação Neurolinguística

Aula 1 – Seja bem vindo 
Aula 2 – Por onde começar? [orientação em texto] 
Aula 3 – Você é um idiota ou um maníaco?​ 
Aula 4 – Pressupostos da PNL​ – Parte 1 
Aula 5 – Pressupostos da PNL – Parte 2 
Aula 6 – Outros Pressupostos 
Aula 7 – A Proposta da PNL​ 
Aula 8 – O nosso processo interpretativo​ 
Aula 9 – Quebrando as regras​ 
Aula 10 – Qual a sua realidade?​ 
Aula 11 – Breve história da PNL​ [artigo] 
Aula 12 – Tudo é realizável​

MÓDULO 3 Metas e Boa Formulação de Objetivos com a PNL

Aula 22 – Introdução
Aula 23 – Do estado atual para o estado desejado 
Aula 24 – A quinta estação (incertezas e crises) 
Aula 25 – A diferença entre meta e direção
Aula 26 – Como formar boas metas com a PNL 
Aula 27 – Além do estado desejado 
Aula 28 – A técnica de Lazarus

MÓDULO 5 Principais Técnicas da PNL

Aula 40 – O jogo do alfabeto
Aula 41 – Dissociação
Aula 42 – Sistemas de Representação
Aula 43 – Rapport e Liderança
Aula 44 – O movimento dos olhos

MÓDULO 7 Âncoras da PNL

Aula 50 – Âncoras (condicionamento)
Aula 51 – Âncoras (condicionamento) [artigo]​ Aula 52 – 4 chaves​ 
Aula 53 – Como criar uma âncora​

​MÓDULO 9 Introdução a Valores, Prioridades e Estratégias

Aula 67: Introdução (Estratégias)​
Aula 68: O ciclo de aprendizagem natural​
Aula 69: A estratégia para realizar qualquer coisa​
Aula 70: O que você faria?​ 
Aula 71: Exercício de modelagem​ 
Aula 72: O modelo RERSP​

MÓDULO 11 FERRAMENTAS DE PNL

Aula 77 – Especificação de Objetivos [Explicação]​
Aula 78 – Especificação de Objetivos [Demonstração]​
Aula 79 – Ressignificação de Crenças [Explicação]​
Aula 80 – Ressignificação de Crenças [Demonstração]​
Aula 81 – Dissociação [Explicação]​
Aula 82 – Dissociação [Demonstração]​ 
Aula 83 – Cura rápida de Fobia [Explicação]​ 
Aula 84 – Cura rápida de fobia [Demonstração]​ 
Aula 85 – Swish [Explicação]​ 
Aula 86 – Swish [Demonstração]​ 
Aula 87 – Submodalidades [Explicação]​ 
Aula 88 – Submodalidades [Demonstração]​ 
Aula 89 – Encadeamento de âncoras [Explicação]​ 
Aula 90 – Encadeamento de âncoras [Demonstração]​ 
Aula 91 – Estratégia Walt Disney [Explicação]​ 
Aula 92 – Estratégia Walt Disney [Demonstração]​ 
Aula 93 – Círculo de Excelência [Explicação]​ 
Aula 94 – Círculo da Excelência [Demonstração]​ 
Aula 95 – Alinhamento de níveis Neurológicos [Explicação]​ 
Aula 96 – Alinhamento de níveis Neurológicos [Demonstração]​ 
Aula 97 – Gestão de Conflitos [Explicação]​ 
Aula 98 – Gestão de Conflitos [Demonstração]​ 
Aula 99 – Bibliografia​ 
Aula 100: Parabéns!

MÓDULO 13 (BÔNUS) Semana da Reprogramação mental

Aula 1: A Ciência do Sucesso Aula 2: Seu passado te condena? Aula 3: Pare de fazer papel de trouxa!

MÓDULO 15 Como solicitar o seu certificado?​

MÓDULO 15 – Como solicitar o seu certificado?​

Veja aqui como você pode receber o seu certificado de conclusão:​
Como receber um certificado de 100 horas15

MÓDULO 2 Entendendo a Experiência Humana

Aula 13 – Modelo BÁSICO da experiência humana
Aula 14 – Modelo INTERMEDIÁRIO da experiência humana
Aula 15 – O impacto das informações em nós​
Aula 16 – As três formas pelas quais nos relacionamos
Aula 17 – Vítima, Herói ou Vilão?
Aula 18 – Frameshifting
Aula 19 – Modelo AVANÇADO da experiência humana
Aula 20 – As 7 etapas das PNL para a transformação
Aula 21 – O mito da caverna de Platão

MÓDULO 4 Estados e gestão de estados

Aula 29 – A mente sábia
Aula 30 – Empoderamento vs Desempoderamento
Aula 31 – As três dimensões do estado
Aula 32 – Transferência, Contratransferência [artigo]
Aula 33 – Estado interno de loop
Aula 34 – Exercício de representação Interna
Aula 35 – Viagem emocional no tempo
Aula 36 – Os princípios de Gestalt [Artigo]​
Aula 37 – A arte de ser espontâneo [Artigo]​
Aula 38 – Os determinantes do estado
Aula 39 – Auto Regulação

MÓDULO 6 Submodalidades da PNL

Aula 45 – O que são as submodalidades da PNL
Aula 46 – Conheça as submodalidades da PNL [artigo]​
Aula 47 – Posições de percepção​
Aula 48 – Passo-a-passo das posições de Percepção [Artigo]​
Aula 49 – Princípio das camadas​

MÓDULO 8 Habilidades de comunicação e padrões de linguagem

Aula 54: Introdução às habilidades de comunicação​
Aula 55: O principio da mente e coração​
Aula 56: Princípios da confiança​
Aula 57: O modelo de Albert Mehrabian​
Aula 58: A escada da inferência
Aula 59: Comunicação não violenta de Marshal 
Aula 60: Ênfase e entonação​
Aula 61: Audição ativa​
Aula 62: Estrutura para gerenciar o relacionamento​ Aula 63: Diálogo x Diálogo profundo​
Aula 64: Os níveis neurológicos de Robert Dilts​
Aula 65: Meta modelo​
Aula 66: Mensagem final

MÓDULO 10 A teia de aranha e nossos valores principais

Aula 73: Introdução aos valores
Aula 74: Valores e decisões
Aula 75: A ilha
Aula 76: Meta objetivo

MÓDULO 12 (BÔNUS) Curso de Níveis Neurológicos

Apresentação: Por que sua vida não é melhor? Níveis Neurológicos Aula 1: (Identidade) Reprogramação do “EU” Aula 2: (Afiliação) O seu verdadeiro lugar no mundo Aula 3: (Legado) Conheça o seu propósito real de vida Aula 4: (Crenças) Mudança sábia de crenças e paradigmas Aula 5: (Valores) A força que move suas decisões Aula 6: (Habilidades) Como vencer o medo de errar em algo novo Aula 7: (Comportamento) Análise de Perfil Comportamental (Adaptada) Aula 8: (Ambiente) Visão subjetiva de mundo vs possibilidades [BÔNUS] Aula 9: Procrastinação dentro da PNL [BÔNUS] Aula 10: Vitimismo e a PNL

MÓDULO 14 (BÔNUS) Lives exclusivas para alunos salvas

Live 01 – Introdução Live 02 – Respostas para Alunos Live 03 – Respostas para Alunos Live 04 – O poder do perdão Live 05 – O monstro da procrastinação Live 06 – O que eu aprendi com o Tony Robbins? Live 07 – Respondendo perguntas de alunos Live 08 – Hábitos de Sucesso Live 09 – Os 4 Pilares do Sucesso Live 10 – Os segredos para se desenvolver como palestrante Live 11 – Como começar a atender como Practitioner em PNL (Quase 2 horas de aula)

APÓS CONCLUIR TODAS AS AULAS, VOCÊ PODERÁ FAZER DOWNLOAD DO SEU CERTIFICADO

Certificado PNL Practitioner

SOBRE O INSTRUTOR

Trainer Silas Neves é REFERÊNCIA em PNL

Considerado um dos maiores Treinadores do Estado de São Paulo. 

O Trainer Silas Neves é REFERÊNCIA em PNL, Mentoria Empresarial e Coaching com mais de 2.500 horas de atendimento individual.

Respeitado por ter criado o MÉTODO TERA, que estrutura os pilares necessários para ter desenvolvimento pessoal e profissional e o TREINAMENTO PROFISSÃO TERAPEUTA, que ensina profissionais a se posicionarem no mercado do atendimento individual. 
Sócio Proprietário, junto com a Nathalia Neves, do Instituto TERA, que conta com mais de 12.000 alunos em mais de 30 países. 
Membro da ANLP – The Association for Neuro Linguistic Programming Envolvido com causas sociais, doa mensalmente cestas básicas para famílias que precisam. Ao todo já doou mais de 3 toneladas de alimentos.

Foi premiado pelo Rotary no Concurso Distrital de Oratória.

Estudou pessoalmente com Tony Robbins.

Estudou no Instituto Ápice Desenvolvimento Humano, Experiência de Sucesso, Achology Academy, Agência Nacional de Coaching e Psicologia Positiva, Instituto Lucas Naves, Universidade Brasileira de Hipnose, Indústria do Conhecimento e com grandes nomes da Hipnose e da PNL, a saber: Tony Robbins, Joseph McClendon III, Kain Ramsay, Plínio de Souza, Lucas Naves, Charles Bueno e outros.

Parceiro da Faculdade Anhanguera Educacional

Colunista na Rádio CBN

Suas formações e treinamentos online são respeitados em todo o Brasil.

Confira alguns depoimentos dos mais de 12.000 alunos do Instituto TERA

Fábio Neves Clown e Coach

Nádia Aissami Vestibulanda

Michely Abreu Flor Empreendedora

FORMAÇÃO EM PNL COMPLETA

DE 997,00 POR APENAS

129,00

ou em 10x de 14,73

*SOMENTE HOJE

The post Formação em PNL Practitioner – Do Básico ao Avançado‎ appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/formacao-em-pnl-practitioner-do-basico-ao-avancado%e2%80%8e/feed/ 0 370
Compreendendo o Metamodelo da Programação Neurolinguística https://programacaoneurolinguistica.com/compreendendo-o-metamodelo-da-programacao-neurolinguistica/ https://programacaoneurolinguistica.com/compreendendo-o-metamodelo-da-programacao-neurolinguistica/#respond Tue, 12 May 2020 05:55:20 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=365 Um dos modelos mais populares de Programação Neurolinguística é o Metamodelo. Este artigo explica os fundamentos do modelo com ótimos exemplos.

The post Compreendendo o Metamodelo da Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
John Grinder e Richard Bandler criaram o Metamodelo da Programação Neurolinguística, e é uma ferramenta lingüística publicada pela primeira vez em 1975. É essencialmente uma série de perguntas que permitirão determinar algumas informações de qualidade.

Um dos usos mais importantes do Metamodelo é descobrir o que as pessoas realmente querem dizer com suas comunicações, e não a sua percepção do que você acredita que elas estão dizendo. Você também pode usar o Metamodelo da Programação Neurolinguística com seus próprios pensamentos para melhorar sua vida e alcançar mais.

A ideia por trás do Metamodelo da Programação Neurolinguística é que não interagimos diretamente com o mundo, mas usamos nossos órgãos sensoriais para ingerir informações e, em seguida, aplicamos três processos de modelagem que são “distorção”, “generalização” e “exclusão” para criar um mapa ou representação interna.

Nossos mapas consistem em imagens, sentimentos, sons, cheiros e gostos. Esses mapas existem em nossas mentes e não são verdadeiramente o mundo real. Eles são nossa representação do mundo que vemos internamente. “O mapa não é o território” foi uma frase famosa cunhada por Alfred Korzybski, que foi o fundador da General Semântica.

Você pode gostar de saber:

Distorções do Metamodelo

O processo de distorção permite criar, fabricar, manipular e construir informações sensoriais. Com a distorção, você traz informações através dos seus sentidos e depois brinca com elas em sua mente, para criar novos entendimentos, idéias e conceitos.

Exemplos de distorção são diferentes maneiras pelas quais um indivíduo pode pensar sobre o mundo, como espiritualidade, ideologia, filosofia, religião, criação de novas invenções, fantasias sobre um amante, criação de ficção e produção de filmes.

Todas essas coisas existem por causa de nossa capacidade de distorcer nossa realidade. Usando o poder da distorção, é possível criar e brincar com pensamentos diferentes e depois produzir um conjunto de objetivos que determinarão seu futuro.

Generalizações de Metamodelo

Ao usar o processo de generalização, você pode escolher um elemento específico do seu modelo mundial e usá-lo para fornecer uma representação de uma categoria total de experiência. Quando você era criança, aprendeu que certos objetos têm alças que permitem que sejam segurados nas mãos, abertos, movimentados e manipulados de outras maneiras.

Exemplos disso são um copo com alça, uma bolsa com alça, uma porta com alça. Usando sua imaginação, você pode estender isso a uma chave que age como uma alça e facas e garfos que ajudam a segurar e cortar os alimentos. Você pode ligar e desligar a água usando uma alça conhecida como torneira e sua TV é controlada por um controle remoto que é outra alça.

Quando você usa generalizações, há vantagens e desvantagens. Como exemplo de uma desvantagem, considere ter uma experiência ruim em compras. Isso não significa que você terá experiências ruins toda vez que fizer compras, mas generalizações sugerem isso.

Você precisa ter cuidado com o modo de generalização. Em alguns contextos, o uso de certas palavras será bom, enquanto em outros não. Se você generalizar demais, se privará de algumas boas oportunidades.

Exclusões de metadados

Você usará automaticamente o processo de exclusão para fornecer atenção seletiva. Você pode excluir algo consciente ou inconscientemente, mas precisa fazer exclusões, pois não há como processar todas as informações ao seu redor.

É vital que você tome uma decisão sobre o que deseja focar. Ao fazer isso, você excluirá automaticamente as outras possibilidades de informações. Pense em tentar ouvir alguém falar em uma sala cheia de pessoas. Você precisa se concentrar muito no que eles estão dizendo e excluir todas as outras conversas.

As exclusões podem ser muito úteis para você, mas em outros casos, podem limitar suas experiências. Um exemplo clássico disso é onde as pessoas excluem todas as coisas boas que os outros dizem sobre eles e depois se concentre no que eles não disseram ou fizeram. Isso pode fazer com que você se sinta não amado porque excluiu demais.

The post Compreendendo o Metamodelo da Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/compreendendo-o-metamodelo-da-programacao-neurolinguistica/feed/ 0 365
Comece com estes exercícios básicos da Programação Neurolinguística https://programacaoneurolinguistica.com/comece-com-estes-exercicios-basicos-da-programacao-neurolinguistica/ https://programacaoneurolinguistica.com/comece-com-estes-exercicios-basicos-da-programacao-neurolinguistica/#respond Wed, 01 Apr 2020 16:48:33 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=359 Duas estratégias muito poderosas que o iniciante pode aplicar facilmente para mudanças duradouras.

The post Comece com estes exercícios básicos da Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
A ideia por trás da programação neurolinguística (PNL) é usar naturalmente a maneira como seu cérebro funciona para que você possa melhorar sua vida e começar a obter os resultados desejados. A melhor maneira de aprender Programação Neurolinguística é mergulhar nela e tentar alguns exercícios.

Você precisa ver sua vida como uma jornada composta de várias etapas. Cada passo que você dá com a Programação Neurolinguística o levará a coisas maiores e melhores. Você deve começar e, se tentar os dois exercícios abaixo, estará fazendo exatamente isso.

Antes de seguir com a leitura se você ainda não sabe precisa saber:

As imagens têm um poder significativo

Neste exercício, você experimentará o poder das imagens. Para tirar o máximo proveito deste exercício, siga as instruções cuidadosamente e verifique se você não está distraído.

A primeira coisa a fazer é pensar em uma imagem, algo da sua memória que lhe traz bons sentimentos quando a vê. Você precisará prestar muita atenção à aparência da imagem e aos bons sentimentos que sente ao vê-la.

O segundo passo é ampliar esta imagem e aproximá-la de você e torná-la mais brilhante também. Quando você faz isso, como seus sentimentos mudam? Certifique-se de fazer isso corretamente e observe a mudança em seus sentimentos antes de passar para o próximo passo.

O terceiro passo é tornar a imagem menor, mais distante e escura. Se a imagem original estiver em cores (isso é sempre melhor), transforme a imagem menor em preto e branco. Se você tinha um filme em vez de uma imagem estática, pare o filme e faça uma imagem estática.

Preste muita atenção aos seus sentimentos neste momento. Seus sentimentos são mais fortes em relação à imagem agora ou são mais fracos? Os sentimentos são positivos ou se tornaram negativos?

O passo final é começar de novo e recriar a imagem original.

É provável que, quando você tornou a imagem grande, mais próxima e mais brilhante, os sentimentos que experimentou foram os mais fortes e os mais positivos. Quando você fez a imagem pequena, distante e escura, isso enfraqueceu seus sentimentos e provavelmente os deixou negativos. Você pode se sentir bem fazendo isso com muitas imagens todos os dias.

Gerenciando sua crítica interna

Todos temos uma voz ou vozes internas que podem nos fazer sentir tristes. Essa voz irá criticá-lo, lembrá-lo de seus erros passados, pintar uma imagem negativa do seu futuro e geralmente incomodá-lo com as coisas. Esse “crítico interno” usará um tom de voz que não é amigável – portanto, mesmo quando você deve ouvir, é difícil fazê-lo.

Comece ouvindo essas vozes em sua cabeça. Concentre-se em apenas uma para começar. De onde vem a voz? É audível para ambos os ouvidos ou apenas um? Você reconhece a voz? Isso é sua voz, e se sim, soa o mesmo? A voz é hostil ou amigável? O que a voz está dizendo para você?

O segundo passo é observar como você se sente quando ouve a voz. Faça isso agora, pois é um passo muito importante.

Em seguida, é hora de brincar com seu crítico interior. Tente mover sua voz interior para o joelho esquerdo. Como se sente sobre isso agora? E se você enviar seu crítico interno para o lado oposto da sala?

Agora altere o volume da voz interior. Adicione estática ao som para que seja difícil de ouvir. Observe seus sentimentos neste momento.

Em seguida, altere o som da voz de hostil a amorosa e doce. Seja criativo aqui e mude a voz, fazendo-a chiar, cuspir ou até sussurrar. Que sentimentos você está experimentando agora?

Finalmente, fale com a voz e diga que você ouvirá se as mensagens forem positivas e não negativas. Além disso, o tom precisa ser favorável em vez de hostil. Que tipo de resposta você recebe?

Isso não é loucura. Você certamente pode mudar seu relacionamento com seu crítico interno. Quando seu crítico interno estiver apoiando e encorajando você, será um grande aliado ter em sua busca por uma vida melhor.

The post Comece com estes exercícios básicos da Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/comece-com-estes-exercicios-basicos-da-programacao-neurolinguistica/feed/ 0 359
Como usar a técnica Swish da Programação Neurolinguística https://programacaoneurolinguistica.com/como-usar-a-tecnica-swish-da-programacao-neurolinguistica/ https://programacaoneurolinguistica.com/como-usar-a-tecnica-swish-da-programacao-neurolinguistica/#respond Tue, 24 Mar 2020 16:16:20 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=355 Uma das técnicas mais populares e eficazes de Programação Neurolinguística é a técnica Swish. Veja uma ótima explicação sobre como usá-la efetivamente aqui.

The post Como usar a técnica Swish da Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
Se você tem hábitos indesejados ou experimenta comportamentos que o limitam, use a técnica de swish da Programação Neurolinguística (algumas vezes conhecida como padrão de swish) para quebrá-los. Se você quiser ganhar mais confiança, eliminar os nervos antes de uma apresentação ou parar de fumar, o padrão de swish pode ser muito eficaz.

Identifique o comportamento do problema

O primeiro passo para usar a técnica swish da programação neurolinguística é identificar o problema que você deseja erradicar. Talvez você tenha medo de conhecer novas pessoas, medo de falar em público, medo geral de falhar ou algo como não seguir uma dieta saudável ou fazer exercícios suficientes.

Você precisa descobrir o que desencadeia esse comportamento indesejado. Uma boa maneira de fazer isso é fazer a si mesmo uma pergunta como “o que eu experimento primeiro para ter certeza de que (o problema) está chegando?

Então, se você tem medo de falar em público e fica muito nervoso, o que desencadeia seu nervosismo? Você tem um certo sentimento primeiro? Você visualiza alguma coisa? Você ouve alguma coisa? Você deve entender qual é o gatilho.

Se você está achando difícil identificar o gatilho, imagine que você precisa ensinar outra pessoa sobre o seu comportamento problemático. Você literalmente vai ensinar alguém a ficar nervoso em falar em público. Que imagem única você precisaria para fazer os outros reagirem dessa maneira?

Depois de identificar seu gatilho, anote-o e depois quebre seu estado. Faça isso executando outra atividade por alguns segundos. Isso ajudará na redefinição do seu cérebro antes de prosseguir para a próxima etapa.

Antes de seguir com a leitura confira mais alguns artigos sobre Programação Neurolinguística que você pode gostar de ler depois:

Decida sua resposta ideal

Agora é a hora de identificar a imagem a incorporar em seu subconsciente que substituirá a antiga imagem negativa que você identificou na primeira etapa. A nova imagem positiva ocorrerá em vez da antiga imagem negativa depois disso.

Como exemplo, você pode ter um mau comportamento que o impede de visitar a academia para concluir uma rotina regular de exercícios. Assim, você pode criar uma nova imagem em que se sinta maravilhoso após a sessão de ginástica com aquele burburinho de endorfinas. Obviamente, isso precisa ser uma imagem positiva que evoque emoções fortes dentro de você.

Precisa ser realmente poderoso.

A ideia dessa nova imagem é que ela o motivará a realizar a ação desejada. Depois de escolher sua imagem, agora você precisa aumentá-la! Você fará isso tornando a imagem maior, mais clara e mais brilhante. Torne-a tão atraente que você possa se divertir com todos os detalhes e que evoque os sentimentos positivos que procura.

A ideia é tornar a sensação muito intensa quando você vê a nova imagem. Continue fazendo a imagem maior e mais brilhante até acertar. Você precisa se sentir no topo do mundo para que seu cérebro esteja convencido de que esse é o melhor caminho a seguir.

Agora quebre seu estado e faça algo completamente diferente por alguns segundos.

Agora Swish!

É aqui que você substitui a imagem ruim original pela nova imagem capacitadora. Imagine a imagem original em sua mente e a torne maior e mais brilhante para poder ver todos os detalhes.

Em seguida, faça uma visualização em tamanho pequeno da sua nova imagem e coloque-a no canto da imagem antiga. Para começar, a nova imagem precisa ser pequena e escura. Agora você precisa agitar. Você precisa mover a nova imagem positiva para longe de você. O que você quer que aconteça é que a nova imagem apareça rapidamente à vista de todos, como se tivesse poder de foguete.

Portanto, faça o swish e a nova imagem voará em sua direção a uma velocidade cada vez maior e mais brilhante. Acenda o foguete em sua imagem antiga e envie-a para longe. Veja a nova imagem em toda a sua glória e torne-a grande e brilhante. Confira todos os detalhes e sinta como é incrível. Este é o seu novo padrão, para aproveitar toda a sua glória.

Divirta-se com esses novos sentimentos por um tempo. Então quebre seu estado novamente.

Incorporando a mudança

Repita o padrão swish mais dez vezes para garantir que você incorpore a nova imagem em seu subconsciente. Certifique-se de quebrar seu estado entre cada sessão. Teste-o pensando em ir à academia (ou qualquer que seja o problema) e tente recriar seu antigo comportamento negativo. Se você fez isso corretamente, isso não será difícil para você.

The post Como usar a técnica Swish da Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/como-usar-a-tecnica-swish-da-programacao-neurolinguistica/feed/ 0 355
Melhore seu relacionamento com a Programação Neurolinguística https://programacaoneurolinguistica.com/melhore-seu-relacionamento-com-a-programacao-neurolinguistica/ Sat, 21 Mar 2020 10:32:16 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=351 Leia cinco grandes estratégias neste artigo para melhorar seus relacionamentos através do uso de técnicas de programação neurolinguística.

The post Melhore seu relacionamento com a Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
Se você deseja ter um ótimo relacionamento com alguém, pode usar técnicas de Programação Neurolinguística para conseguir isso. Para que isso funcione, você precisa seguir os princípios abaixo e ter a motivação necessária para cumpri-lo.

Você realmente acredita que é possível?

Suas crenças devem ser corretas para a Programação Neurolinguística ajudá-lo a encontrar o parceiro perfeito. Você deve acreditar que seu parceiro perfeito está lá fora, e que você os encontrará. Não há maneira de contornar isso – se você realmente não acredita, nunca terá sucesso. Se você tiver incertezas nessa área, precisará usar a Programação Neurolinguística para trabalhar com suas crenças.

Depois de ter total crença, você precisa ter o nível certo de motivação para começar. Depois disso, é hora de começar a conhecer as pessoas com quem você é mais compatível. Você pode usar os melhores sites de namoro online para encontrar possíveis parceiros. Não deixe de aproveitar todo o processo assim que começar.

Importante: Se você ainda não sabe o que é programação neutolinguística leia este artigo.

Seja claro sobre o que deseja

Quais são as dez principais qualidades que você procura em um parceiro ideal? Faça a si mesmo essa pergunta repetidamente até você ter esses 10 critérios em mente. Escreva tudo e descubra como você reconhecerá cada qualidade usando seus sentidos. Agora é hora de escrever um perfil matador e adicionar essas fotografias de alta qualidade.

Se você encontrar outros bons perfis no site de namoro, use-os como modelo. O objetivo do seu perfil deve ser atrair a pessoa que você está procurando. Não será de interesse para o resto das pessoas. A quantidade definitivamente não é importante aqui, mas a qualidade certamente é. Se você precisar da ajuda de um amigo íntimo, leve-o a bordo.

Antes de seguir com a leitura confira estes artigos sobre relacionamentos para você ler depois:

Procure proativamente seu parceiro

Certifique-se de dedicar pelo menos uma hora por dia no site de namoro. Certifique-se de saber como todos os recursos funcionam no site e dedique algum tempo a isso. A primeira semana será emocionante, por isso, aproveite. Você receberá mensagens de pessoas interessadas no seu perfil. Se você precisar dizer “não”, faça isso corretamente. Aprenda com os outros.

Se você está enfrentando muitos “não”, acredite que isso está aproximando você desse parceiro ideal. Depois de ter algumas pessoas que parecem interessantes, concentre-se nas cinco principais. Seu próximo passo será conversar por telefone, quando tiver certeza de que elas atendem aos seus critérios.

Hora de começar a falar

Marque uma consulta para falar ao telefone e trate-a como uma ocasião especial. Quando estiver falando, veja se você sente alguma química. Não importa quanto tempo as conversas duram, você precisa se divertir. No final da conversa, você precisa avaliar se deseja uma conversa adicional com eles. Não se apresse em se encontrar.

Após algumas conversas com pessoas diferentes, você experimentou emoções positivas e negativas. Esta montanha-russa pode ensinar muito sobre você e ajudá-lo a ter um bom amigo por perto. Eles podem realmente te levantar e motivar.

Aquela primeira reunião

Escolha um horário durante o dia para sua primeira reunião. Se você é homem e conhece uma mulher, deixe-a escolher o local por razões de segurança. Você quer aproveitar esta reunião e ser você mesmo e relaxado. Não tente falsas impressões.

Esteja atento à química e às interações entre você. Se tudo correr bem e você quiser se encontrar novamente, seja o primeiro a dizer isso. Após algumas reuniões com pessoas diferentes, você se tornará muito melhor em tudo e será um especialista em reconhecer as qualidades que realmente importam para você.

The post Melhore seu relacionamento com a Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
351
6 Passos para alcançar seu objetivo de sucesso com hipnose https://programacaoneurolinguistica.com/6-passos-para-alcancar-seu-objetivo-de-sucesso-com-hipnose/ https://programacaoneurolinguistica.com/6-passos-para-alcancar-seu-objetivo-de-sucesso-com-hipnose/#respond Fri, 20 Mar 2020 06:02:09 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=346 Siga estes seis passos e use-os com o poder da hipnose e você será lançado para o seu objetivo de sucesso mais rapidamente do que você pode imaginar.

The post 6 Passos para alcançar seu objetivo de sucesso com hipnose appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
Muitas pessoas pensam na vida como uma pista cheia de obstáculos e valas que precisam ser navegados com sucesso para serem felizes. De muitas maneiras, elas estão certas.

Se você é uma pessoa muito orientada para os objetivos, é inevitável que encontre obstáculos no caminho para a conquista e o sucesso. Quanto maior a meta, mais contratempos parecem existir. Esses obstáculos e contratempos podem funcionar como testes. Eles testam sua personalidade e sua determinação. Cada barreira que é superada e cada desafio enfrentado desenvolve seu caráter, sua crença em si mesmo e fortalece sua determinação de ter sucesso, não importa o quê.

No entanto, quando os mesmos obstáculos continuam aparecendo repetidamente e o fracasso parece ser uma ocorrência comum, é hora de reavaliar a abordagem de seus objetivos. Esses problemas recorrentes podem ser uma indicação de sua incapacidade de aprender com as falhas temporárias que você está enfrentando. A mente consciente está obviamente tendo problemas para analisar as razões por trás das falhas e continua cometendo os mesmos erros.

Nesse ponto, é necessária alguma ajuda externa. Obviamente, você é incapaz de resolver conscientemente o problema que está tendo e deve ser um bloqueio subconsciente que o impede de aprender sua lição e seguir adiante. Em tais situações, a hipnose e a auto hipnose podem ser de imenso valor. A hipnose ou a auto hipnose podem definitivamente ser usadas com sucesso e eficácia para chegar à raiz do problema e eliminá-lo para sempre.

Antes de seguir com a leitura confira mais alguns artigos sobre hipnose que você pode postar de ler depois:

Um benefício extremamente poderoso do uso da hipnose é a capacidade de treinar sua mente para manter o foco na consecução bem-sucedida de seu objetivo. Você pode programar um resultado específico e manter a capacidade de conscientemente desviar sua atenção para ele de uma maneira positiva e afirmativa. Você também pode eliminar a auto sabotagem e remover os sentimentos e pensamentos negativos que estão bloqueando seu caminho para o sucesso.

Aqui estão algumas dicas para usar a hipnose como uma ferramenta para alcançar os seus objetivos.

  1. Visualize. Programe-se com o resultado desejado. Enquanto sob a influência da auto hipnose, imagine visualmente que seu objetivo já foi alcançado. Veja, sinta e escute isso como real. Veja com seus próprios olhos e experimente todos os sentimentos maravilhosos associados a esse objetivo.
  2. Persistência. Desça à sua mente subconsciente e mude seus traços de caráter interior para combinar com as pessoas que NUNCA desistem. Programe sua mente subconsciente para ser persistente, independentemente do que está acontecendo em qualquer situação. Sugestões pós-hipnóticas para desenvolver uma vontade de ferro e uma abordagem persistente de seus objetivos serão inestimáveis ​​em tempos de estresse e desilusão.
  3. Pense positivo. Aprenda a pensar positivamente. A mente subconsciente tem uma tendência a repetir memórias passadas e jogá-las de volta à consciência na forma de dúvidas e medos. Com o uso da auto hipnose, você pode eliminá-los totalmente. Programe sua mente subconsciente para pensar positivamente e esperar resultados positivos.
  4. Programe o problema. Inevitavelmente, algum problema surgirá quando você buscar objetivos que valham a pena. Através da hipnose, você pode resolver esses problemas rapidamente. Enquanto em transe, veja-se atravessando com sucesso o obstáculo. Você não precisa ver como fez, apenas se veja do outro lado, aliviado, feliz e orgulhoso por ter “descoberto” e alcançado o outro lado. Se isso, por si só, é um problema para você, ou você acha difícil fazer isso, procure o conselho de um hipnoterapeuta qualificado. Um hipnoterapeuta competente encontrará a raiz do seu problema provavelmente já nas primeiras consultas!
  5. Pré-pavimente seu caminho. Imagine-se conhecendo as pessoas certas e estando no lugar certo e na hora certa. Programe sua mente assim, através do poder da hipnose, e sua mente subconsciente captará pistas não verbais, processará os milhões de bits de informação que você recebe a cada segundo e o guiará para o curso de ação correto.
  6. Desenvolva a fé. Use a hipnose para convencer a mente subconsciente de que seu objetivo já é uma realidade. “Finja até você conseguir”. Engane sua mente subconsciente em acreditar que o mundo “real” é exatamente como o mundo que você estava visualizando. No estado profundamente relaxado que a hipnose oferece, você pode se envolver totalmente em sua imagem mental. Realmente sinta como é bom já ter realizado todas as coisas que você queria por tanto tempo. Aproveite o fato de que você está desfrutando dos benefícios de ter atingido esse objetivo.

Siga estes seis passos e use-os com o poder da hipnose e você será lançado para o seu objetivo de sucesso mais rapidamente do que você pode imaginar.

The post 6 Passos para alcançar seu objetivo de sucesso com hipnose appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/6-passos-para-alcancar-seu-objetivo-de-sucesso-com-hipnose/feed/ 0 346
Desenvolvimento Pessoal Com Programação Neurolinguística https://programacaoneurolinguistica.com/desenvolvimento-pessoal-com-programacao-neurolinguistica/ https://programacaoneurolinguistica.com/desenvolvimento-pessoal-com-programacao-neurolinguistica/#respond Thu, 19 Mar 2020 16:46:02 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=339 Como usar a Programação Neurolinguística para o seu desenvolvimento pessoal. Quatro ótimas técnicas neste artigo.

The post Desenvolvimento Pessoal Com Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>

Desenvolvimento pessoal é uma área do conhecimento que visa a melhorar a qualidade de vida e a desenvolver as habilidades pessoais de cada pessoa, contribuindo com a construção do conhecimento humano e a realização de sonhos e aspirações.

Wikipedia

Se você está interessado em desenvolvimento pessoal, existem várias técnicas de Programação Neurolinguística que podem ajudá-lo. Ao usar essas técnicas, você melhorará sua consciência geral e criará um estado mental superior.

Para usar a Programação Neurolinguística efetivamente para o desenvolvimento pessoal, você precisa saber o que deseja alcançar e ter uma imagem de como deseja se ver no futuro. Ao fazer isso, você pode “entrar” nessa imagem para fazer as melhorias necessárias.

Seu objetivo aqui será dominar sua inteligência emocional e habilidades de comunicação. Assumir o controle de sua mente o levará a assumir o controle de sua vida. 

Você pode gostar de saber:

Aqui estão quatro técnicas de Programação Neurolinguística que você pode usar para o seu desenvolvimento pessoal.

Criando âncoras

Esta é uma técnica muito fácil que pode ser muito eficaz para o seu desenvolvimento pessoal. A técnica depende de você pensar em algo excelente que você fez no passado e depois tornar os sentimentos associados a essa conquista o mais fortes possível.

Depois de gerar emoções fortes, você precisará fazer algo físico para criar a âncora. Essa ação física pode estar apertando dois dedos ou batendo no seu joelho esquerdo. Ao fazer isso, você será capaz de recordar o forte sentimento positivo instantaneamente, executando a ação física.

Para que isso funcione efetivamente, é essencial que os sentimentos que você evoca através de seus pensamentos sejam os mais fortes possíveis. Se os sentimentos são fracos, lançar a âncora produzirá apenas resultados fracos. Então, concentre-se realmente nesse evento feliz e sinta esses sentimentos!

Ao criar a ação física, faça-o duas vezes. Na segunda vez em que você ancora, tente intensificar ainda mais o sentimento. Se puder, tente dobrar a intensidade do sentimento. Repita a “ancoragem” física cinco vezes para que ela fique realmente incorporada.

Se em algum momento no futuro você sentir essa âncora enfraquecendo, basta repetir o processo novamente.

Usando o Meta Model

Ao contrário da crença popular, o Meta Modelo na Programação Neurolinguística não consiste apenas em compreender os problemas de outras pessoas. Você pode usar o Meta Model em si mesmo para entender um problema que você tem. Você estará pensando aqui e precisará desconstruir essa conversa de pensamento.

É muito comum que, quando as pessoas enfrentam problemas, saibam qual é a solução subconscientemente. O problema é que a solução não é atraente e eles realmente não querem fazê-lo. Isso significa que os problemas persistirão e você espera poder criar uma nova solução que seja melhor para você.

Ao redigir cuidadosamente o problema, você pode ajudar a si próprio usando a desconstrução.

Padrões de interrupção

O método de interrupção de padrões da Programação Neurolinguística ajudará você a armazenar palavras e frases em sua mente subconsciente. Uma maneira eficaz de fazer isso é criar um padrão ou sequência com seus pensamentos primeiro.

Quando você usa interrupções de padrão, interrompe o padrão estabelecido de seus pensamentos no momento crítico.

Sua mente subconsciente espera que o padrão ou a sequência continue até o fim, como sempre, mas você interrompeu isso usando sua mente consciente.

Emoções de enquadramento

Todos nós experimentamos momentos bons e ruins em nossas vidas. Isso é bom para todos nós à medida que aprendemos e crescemos através deles. Suas memórias não têm emoções associadas a elas. Isso ocorre porque emoções e memórias residem em diferentes partes do seu cérebro.

Memórias de longo prazo são armazenadas na área do hipocampo do cérebro. As emoções são armazenadas na área da amígdala. Quando uma lembrança é lembrada, você receberá um breve lembrete das emoções que sentiu na época da amígdala. Isso oferece a oportunidade de mudar a emoção que você associa à memória.

The post Desenvolvimento Pessoal Com Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/desenvolvimento-pessoal-com-programacao-neurolinguistica/feed/ 0 339
Qual é a diferença real entre Programação Neurolinguística e hipnoterapia? https://programacaoneurolinguistica.com/qual-e-a-diferenca-real-entre-programacao-neurolinguistica-e-hipnoterapia/ https://programacaoneurolinguistica.com/qual-e-a-diferenca-real-entre-programacao-neurolinguistica-e-hipnoterapia/#respond Sat, 07 Mar 2020 01:13:44 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=335 Muitas pessoas acreditam que a Programação Neurolinguística e a hipnoterapia são iguais. As semelhanças discutidas e as diferenças explicadas.

The post Qual é a diferença real entre Programação Neurolinguística e hipnoterapia? appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
Muitos novos alunos da PNL costumam fazer a pergunta “qual é a diferença entre a Programação Neurolinguística e a hipnoterapia?” Há uma diferença, mas não é algo com o qual todas as partes interessadas possam concordar. Você pode observar a Programação Neurolinguística e a hipnoterapia de várias maneiras diferentes, e definir exatamente o que elas são sempre será um desafio.

Tentar definir Programação Neurolinguística e hipnoterapia é como tentar chegar a uma definição exata de “amor”. O amor existe de várias formas, e existem todos os tipos de emoções e comportamentos associados a cada tipo. Hipnoterapia terá significados diferentes para diferentes indivíduos e as pessoas usam a Programação Neurolinguística de muitas maneiras diferentes também.

O objetivo comum da Programação Neurolinguística e da hipnoterapia

Um lugar melhor para começar é com os objetivos comuns da Programação Neurolinguística e da hipnoterapia. Se você tiver uma visão ampla sobre isso para ajudar as pessoas a conseguir o que desejam, elas podem usar uma ou ambas as técnicas.

A maioria das pessoas já tentou obter o que quer em um nível consciente antes de usar a Programação Neurolinguística ou a hipnoterapia. O próximo passo é encontrar algo que ajude essas pessoas a resolver problemas que eles não podem fazer conscientemente, ou que possam mudar hábitos que eles conhecem, mas que não conseguiram mudar.

A mente inconsciente (ou subconsciente) possui programas que executam todos os seus hábitos; portanto, o que a Programação Neurolinguística e a hipnoterapia farão é acessar sua mente inconsciente e reprogramar para você, para que a mudança certa possa ser feita.

O funcionamento da Programação Neurolinguística

Quando você usa técnicas de Programação Neurolinguística, haverá uma grande quantidade de atividade consciente projetada para explorar o inconsciente. Considere o “Padrão Swish” usado na Programação Neurolinguística como um exemplo aqui.

Quando o padrão swish é usado, é provável que você precise primeiro encontrar uma imagem que provoque um sentimento ruim em sua mente. Normalmente, você não estará ciente dessa imagem até que seja hora de identificá-la e selecioná-la.

Quando a imagem estiver em sua mente, você precisará ter uma imagem de recurso preparada, reduzi-la e usar a técnica de swish. A repetição do processo ocorre até que você só veja a nova imagem quando pensa no assunto original.

A partir disso, você pode ver que há atividade consciente usada para acessar e reprogramar um padrão anterior que estava na mente inconsciente. Isso é possível com a técnica swish, pois as imagens têm um efeito profundo em nossos sentimentos.

Você pode gostar de saber:

O funcionamento da hipnoterapia

O funcionamento da hipnoterapia é diferente da Programação Neurolinguística. Você pode fazer sugestões diretas para um assunto depois que ele for guiado em transe. Tomando o exemplo da má experiência, eles recebem sugestões que os farão sentir-se mais engenhosos e confiantes.

Técnicas de regressão em hipnoterapia podem ser usadas, o que levará o sujeito de volta para onde os maus sentimentos começaram. Eles serão encorajados a reprocessar a coisa toda de uma maneira diferente, para que se sintam mais confortáveis ​​com ela.

Depois, há a técnica da biblioteca. Aqui, solicita-se a um sujeito que entre na biblioteca, encontre um livro que possua detalhes do problema que está enfrentando, descubra o valor para eles e, então, eles descartariam o livro, eliminando o problema. Eles descobrirão que um novo livro substituiu o antigo e este novo livro está cheio de recursos úteis.

Dica de leitura:

É tudo uma questão de mudar representações internas

Com a Programação Neurolinguística e a hipnoterapia, o objetivo é alterar as representações internas que uma pessoa tem sobre alguma coisa. Isso significa que as imagens internas de um sujeito foram alteradas. A Programação Neurolinguística usa uma série de ações conscientes para fazer isso.

Ele acessará a mente inconsciente e fará as mudanças necessárias. Na hipnoterapia, você frequentemente lida diretamente com a mente inconsciente e a instrui sobre o que precisa ser feito para resolver o problema.

Agora que você entende as diferenças, é hora de confundir você. Você pode usar técnicas de Programação Neurolinguística quando um sujeito estiver sob a influência da hipnose. Por exemplo, se alguém estiver em transe, você poderá usar a técnica swish.

The post Qual é a diferença real entre Programação Neurolinguística e hipnoterapia? appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/qual-e-a-diferenca-real-entre-programacao-neurolinguistica-e-hipnoterapia/feed/ 0 335
A história da Programação Neurolinguística https://programacaoneurolinguistica.com/a-historia-da-programacao-neurolinguistica/ https://programacaoneurolinguistica.com/a-historia-da-programacao-neurolinguistica/#respond Thu, 23 Jan 2020 04:26:38 +0000 https://programacaoneurolinguistica.com/?p=328 Uma história condensada da Programação Neurolinguística. Como o trabalho de Grinder e Bandler culminou em um processo de mudança de vida.

The post A história da Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
No início dos anos 70, John Grinder, professor associado de linguística, e Richard Bandler, estudante de psicologia, desenvolveram Programação Neurolingística em Santa Cruz, na Universidade da Califórnia.

Tudo partiu de suas observações de que indivíduos com formação semelhante em educação, experiência e treinamento alcançaram resultados diferentes. Para alguns, os resultados foram incríveis, enquanto outros tiveram resultados muito medíocres.

Isso despertou a curiosidade de Grinder e Bandler, e eles se apaixonaram por descobrir quais eram os segredos para aqueles que experimentavam resultados incríveis. Como eles foram capazes de alcançar coisas incríveis na vida, enquanto outros alcançaram quase nada?

Os dois acreditavam que, se pudessem identificar esses segredos, haveria a possibilidade de replicá-los e produzir um modelo de comportamento que alcançasse sucesso. Eles precisavam estudar os indivíduos que tiveram sucesso.

Tudo isso começou em uma época que realmente era a Era de Ouro da simulação e modelagem. Esses dois estavam investigando a excelência humana e examinavam fatores como negócios, terapia e educação. Depois disso, eles fizeram um avanço quando estavam concentrados no fator de comunicação.

Grinder e Bandler começaram a examinar como as pessoas que obtiveram sucesso usavam a comunicação. Não se tratava apenas de linguagem verbal, mas de linguagem corporal e outras comunicações não verbais.

A Programação Neurolinguística realmente começou a surgir quando o casal estava modelando as atividades de comportamento e comunicação de Milton H. Erickson, que era um renomado hipnoterapeuta, Fritz Pearls, fundador da Gestalt Therapy e Virginia Satir, fundadora da terapia familiar.

Quando eles estavam modelando o comportamento dessas pessoas bem-sucedidas, Grinder e Bandler conseguiram descobrir padrões na maneira como os pensamentos estavam sendo processados, levando ao eventual sucesso de cada sujeito.

As técnicas usadas por Milton Erickson interessaram particularmente Grinder e Bandler. Erikson usou uma técnica de hipnose conversacional e isso se tornou parte da Programação Neurolinguística. Erickson decidiu conhecer pessoas em seu mundo e construiu um relacionamento com elas.

Em termos de Programação Neurolinguística, esse é o modelo de Milton.

Eles então passaram um tempo teorizando que o cérebro humano pode aprender esses comportamentos e padrões saudáveis ​​e, uma vez aprendidos, os efeitos emocionais e físicos seriam significativos. Eles decidiram chamar essa técnica de Programação Neurolinguística (PNL).

Você pode gostar de ler:

Com a Programação Neurolinguística, a premissa básica é que nossa comunicação por meio de palavras e ações reflete uma percepção inconsciente de nosso mundo e os problemas que enfrentamos. Se a comunicação que usamos não é precisa, isso leva a falsas percepções.

Essas percepções falsas levarão a problemas fundamentais dentro de nós, quanto mais continuarmos a pensar sobre eles e usá-los. Isso significa que a atitude que temos em relação a certas coisas vem de nossas percepções internas. Palavras e frases faladas, bem como comunicações não verbais, como movimentos corporais e oculares, fornecem uma percepção do estado emocional e físico da pessoa.

Um profissional experiente em Programação Neurolinguística pode identificar os distúrbios e problemas existentes nos padrões de processamento interno e inconsciente de uma pessoa, bem como em suas percepções. Ao fazer essa identificação, o profissional experiente em Programação Neurolinguística ajudará o indivíduo a compreender as causas principais.

O praticante da Programação Neurolinguística pode então ajudar a pessoa a remodelar seus processos de pensamento e as associações mentais que ela possui, para que haja uma correção em quaisquer noções preconcebidas.

É mais do que provável que essas noções preconcebidas estejam impedindo o indivíduo de alcançar os resultados que realmente deseja. Essas crenças limitantes e outros pensamentos negativos são substituídos por crenças fortalecedoras e pensamentos positivos.

Grinder e Bandler não são os únicos dois indivíduos a contribuir para a Programação Neurolinguística. Após a divulgação do trabalho, outras pessoas desejaram contribuir mais para expandir o trabalho inicial. Outros que contribuíram incluem Judith DeLozier, Leslie Cameron Bandler, David Gordon e Robert Dilts.

The post A história da Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/a-historia-da-programacao-neurolinguistica/feed/ 0 328
Uma introdução à Programação Neurolinguística https://programacaoneurolinguistica.com/uma-introducao-a-programacao-neurolinguistica/ https://programacaoneurolinguistica.com/uma-introducao-a-programacao-neurolinguistica/#respond Mon, 18 Nov 2019 11:23:56 +0000 http://programacaoneurolinguistica.com/?p=317 Se você ainda não conhece a Programação Neurolinguística uma incrível ferramenta de desenvolvimento pessoal começe lendo este artigo.

The post Uma introdução à Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
Se você deseja que sua vida seja um sucesso, você precisa controlar como pensa, como o passado o afeta e mudar sua abordagem da vida para conseguir o que deseja. Seus pensamentos são muito poderosos e determinarão seu destino.

Se você não controlar seus pensamentos, deixará a vida ditar onde você terminará. É isso que a maioria das pessoas faz e, como resultado, elas vivem uma vida não realizada. Muitas pessoas que estão descontentes com o seu lote recorrem a um terapeuta em busca de ajuda. Um terapeuta fará você habitar no passado, e é improvável que isso o ajude a alcançar seus desejos.

Quando você usa as técnicas de programação neurolinguística (PNL), estará assumindo o controle de sua mente. Uma mente controlada leva a uma vida controlada. A Programação Neurolinguística é diferente da terapia, pois se concentra no “como” e não no “porquê“.

Você pode gostar de saber: O que é Programação Neurolinguística, ou PNL?

Use a Programação Neurolinguística para assumir o controle

Nesta fase da sua vida, você pode sentir que não está no controle de muita coisa. Tudo bem, porque o ponto de partida da Programação Neurolinguística é controlar o que está acontecendo em sua mente. Isso inclui seus pensamentos, emoções e sentimentos, já que todos eles formam quem você é agora.

Essas três coisas farão você agir de uma certa maneira. Você terá crenças arraigadas sobre si mesmo que podem voltar à sua infância. Talvez seus pais, ou mesmo seus professores na escola, tenham dito algo que realmente ressoou e você nunca se esqueceu disso.

Algumas dessas crenças o limitarão – e você pode nem perceber. Com a Programação Neurolinguística, você poderá identificar essas crenças limitantes e erradicá-las para que possa avançar. Você pode ter uma fobia do passado que persiste e o impede. Com a Programação Neurolinguística, você pode mudar seus pensamentos e sentimentos para que essas fobias desapareçam.

O que você acredita que é crítico

Crenças são coisas muito poderosas. A mente humana é tão forte que se você realmente acredita que algo ruim vai acontecer com você. então provavelmente vai. O inverso também é verdadeiro: se você acredita que algo o fará melhor (mesmo que não tenha o poder de fazer isso), você ficará melhor.

Se você acredita que pode conseguir algo, provavelmente conseguirá. Se você acha que não pode conseguir algo, provavelmente não conseguirá alcançá-lo. Quando você experimenta uma crença limitadora dizendo que você não é bom ou que não pode fazer algo, pode desafiá-lo. Você pode fazer isso efetivamente, fazendo a si mesmo perguntas:

“Posso fazer isso, só preciso saber como” “Isso é apenas uma opinião e está errado” As perguntas são muito poderosas

Você aprenderá como fazer as perguntas certas com a Programação Neurolinguística. Isso é vital porque, se você fizer a si mesmo as perguntas erradas, sua mente lhe dará respostas que o privarão e farão você se sentir fraco e inútil.

Muitas pessoas se perguntam: “Por que minha vida é tão ruim?” Bem, você se lembra de voltar com muitas razões pelas quais sua vida é ruim e nenhuma delas fará você se sentir bem.

Uma pergunta melhor seria “O que preciso fazer para melhorar minha vida?” Aqui seu subconsciente deve apresentar algumas respostas positivas nas quais você pode trabalhar para melhorar sua vida.

Estabelecendo Metas com Diferença

A maioria das pessoas está familiarizada com a definição de metas, mas quando você faz isso usando a Programação Neurolinguística, há uma diferença na definição tradicional de metas. Com o estabelecimento tradicional de metas, você apenas cria uma lista de desejos e tenta alcançá-los.

A maioria das pessoas falha quando faz isso. Com a Programação Neurolinguística, você terá certeza de que os objetivos que está definindo são o que realmente deseja. Isso desafiará a verdadeira razão pela qual você deseja mais dinheiro ou uma casa maior.

Dica de leitura:

Suas emoções entram em jogo para que você saiba o verdadeiro motivo de começar esse negócio ou seguir esse plano de dieta e exercício. Quando isso estiver claro, você estará realmente motivado para alcançar seus objetivos.

The post Uma introdução à Programação Neurolinguística appeared first on Programação Neurolinguística.

]]>
https://programacaoneurolinguistica.com/uma-introducao-a-programacao-neurolinguistica/feed/ 0 317